Selo de D. Afonso Henriques

Portus Cale, na origem do nome de Portugal

O país, outrora chamado de Lusitânia no sul e Galécia no norte, é hoje designado pela palavra Portugal. Este nome assinala o surgimento de uma nova entidade politica, nascida no século IX, e que acabará por obter a independência total no século XII.

Por José da Silva | Publicado a

Destaque

Conhecer Portugal. De verdade.

Cada dia, um pouco mais de Portugal.

O Português nunca teve medo de sair do seu país, à procura de condições melhores. Fosse pela sua ambição no tempo das Grandes Descobertas e pela sua sobrevivência, a emigração sempre foi encarada de forma quase natural. Na década que seguiu a crise despoletada em 2008, os Portugueses encontraram novamente razões para saírem do país…

Dia a dia

A transição do século XVIII para o século XIX foi um período de profundas mudanças. O triunfo das ideias iluministas e o advento da burguesia, conseguidos pelas diferentes Revoluções Liberais europeias, refletiu-se em Portugal na sua Arte.

Arquitetura

Perto de Coimbra, podemos descobrir em família um sítio onde se pode visitar Portugal de norte a sul, sem esquecer os Açores ou a Madeira.

História

Portugal nunca foi um país populoso. A falta de terras férteis como no norte da Europa nunca deixou a população crescer significativamente. Esta falta de gente, de “braços para trabalhar” foi talvez a maior fraqueza portuguesa na hora de manter o vasto império marítimo construído no século XVI.

História

O azeite, é, para mim, algo de essencial. Gosto de ter um bom azeite à mesa. E para ter a certeza que é boa, nada melhor do que… a fazer com as nossas azeitonas!

Artesanato

A conservação do património artístico e a sua valorização pública em museus foi, no Portugal do século XIX, algo que se construiu aos poucos, sempre feita de avanços e retrocessos.

Arte & Cultura

A construção do Império Português foi uma descoberta do desconhecido, fruto de uma planificação cuidada. Duas vontades, por vezes antagónicas, animaram os governantes portugueses dos séculos XV e XVI.

História

Em paz com Castela, a Nobreza Portuguesa voltou a sua ânsia de conquista para o seu outro vizinho, Marrocos.

História

A maior sinagoga da península ibérica encontra-se no Porto. Foi a obra de uma vida, a do capitão Barros Basto.

História

A catástrofe portuguesa em Marrocos marcou o fim da expansão portuguesa. Uma derrota provocada pelo excesso de confiança de um rei, que se viu maior do que realmente era.

História