Igreja dos Portugueses em Paris, França: Nossa Senhora de Fátima

Por

Os portugueses têm uma igreja que lhes é consagrada em Paris, como tinha evocado no artigo da nova igreja de Fátima. Esta igreja por terras de França é o Santuário de Fátima Maria Medianeira. Esta igreja foi construída depois da libertação de Paris em 1944, segundo o desejo do Cardeal Suhard. Acabada em 1954, é a obra do arquitecto Henri Vidal.

Nossa Senhora de Fátima Maria Medianeira

Nossa Senhora de Fátima Maria Medianeira

Fachada da igreja

Fachada da igreja

Belo dia de sol em Paris, no boulevard Serrurier

Belo dia de sol em Paris, no boulevard Serrurier

Construída em cima das antigas fortificações de Paris, este espaço abandonado era um bairro industrial e popular de Paris que se construía. Como se pode ver na foto de 1955, a igreja estava isolada, construída em terrenos vazios. Tinha sido previsto que a igreja seria utilizada os futuros bairros residenciais que aqui deviam ser feitos para a população operária, mas aconteceu algo de inesperado para esta igreja feita com a generosidade dos católicos parisienses : a construção do “Boulevard Périphérique”, uma auto-estrada que cerca a cidade. A igreja ficou assim ainda mais isolada, vazia, sem fiéis, que preferiam ir nas igrejas mais próximas das suas casas. Por falta de fiéis, ela foi fechada, e, como qualquer sitio abandonado, foi invadida por garotos e ratos. O seu estado era catastrófico, foi preciso fechar tudo com blocos de cimento, ninguém sabendo o que fazer com uma obra apesar de tudo muito bela.

Basílica no meio dos terrenos vazios, 1955
Basílica no meio dos terrenos vazios, 1955

O projecto para um novo hospital pediátrico no bairro (que se pode ver nas fotos por detrás da igreja), o Hospital Robert Debré, nasceu em 1981, o que deu de volta a esperança ao Cardeal de Paris, Lustiger, para que a igreja voltasse à nascer. Mas não chegava. Durante uma viagem a Fátima em Portugal, o cardeal francês, vendo o espaço reservado aos emigrantes, percebeu logo que a igreja portuguesa da cidade universitária parisiense era demasiado pequena para tantos fiéis.

Detrás da igreja

Detrás da igreja

Vitrais, vistos por fora

Vitrais, vistos por fora

Muitas crianças vêm brincar em frente à igreja

Muitas crianças vêm brincar em frente à igreja

Bonita decoração da igreja

Bonita decoração da igreja

Foi assim decidido que a igreja abandonada de Maria Medianeira iria encontrar uma nova vida, ao ser consagrada aos portugueses de Paris. Em 1988, a igreja abriu as suas portas de novo, a 13 de Maio, o dia de Maria e de Nossa Senhora de Fátima. Já lá vão muitos anos, e ainda me lembro de lá ter ido com os meus pais. Hoje em dia, a igreja está mais viva do que nunca, com muitas crianças a irem lá para a catequese, com muitas missas, é um formidável ponto de encontro da comunidade portuguesa de Paris e de França, alguns vindos de muito longe para assistirem à missa em língua portuguesa.

Placa inaugural da igreja
Placa inaugural da igreja
Capela no subsolo

Capela no subsolo

A catequese é dada no subsolo, na capela da igreja. A catequese é leccionada em português. Podemos ver uma turma à esquerda, na foto. Muitas aulas de catequese são dadas ao mesmo temo, o que explica a presença de muitos pais na igreja, quando não há missa. Os padres aproveitam e estão disponíveis para aqueles que quiserem confessar-se enquanto esperam pelos filhos.

Catequese portuguesa
Catequese portuguesa
A espera de confissão

A espera de confissão

Podemos ver um padre que fala com um fiel, no fundo à direita, nesta fotografia.

Estátua de Santo António

Estátua de Santo António

Santa Casa da Misericórdia de Paris

Santa Casa da Misericórdia de Paris

A decoração interior desta igreja é, acho eu, mais bonita do que aquela da enorme nova igreja de Fátima, apesar da arquitetura típica dos anos 1950. Talvez devido à vida que os párocos souberam dar a este lugar, com flores, com estátuas (aqui a de Santo António) e numerosos pormenores. Podemos ver na estátua um emblema bem conhecido dos portugueses: o da Santa Casa da Misericórdia. A Santa Casa é uma instituição católica de caridade várias vezes centenária. Podemos ver no emblema as quinas, tal como as encontramos na bandeira de Portugal. Eu não sabia que a Santa Casa tinha uma secção em Paris, sendo a sede a igreja. A instituição é rica, por geriram os jogos de sorte em Portugal, como o totoloto ou o euromilhões, por exemplo. Ainda bem que este dinheiro serve para fazer o bem e a paz, paz que podemos ler no tecto da igreja, com a palavra latina “PAX”. A igreja possui bonitos volumes, acho que a comunidade portuguesa de França têm aqu uma igreja digna da sua importância.

Tecto com a inscrição PAX

Tecto com a inscrição PAX

Vitrais da igreja

Vitrais da igreja

Porta principal da igreja

Porta principal da igreja

Podia-mos ter evitado as luzes em forma de bolas...

Podia-mos ter evitado as luzes em forma de bolas…

Imagem de Santa Maria

Imagem de Santa Maria

A fachada têm vários motivos. A espécie de bola de futebol é de facto um altifalante

A fachada têm vários motivos. A espécie de bola de futebol é de facto um altifalante

Imponente torre sineira, separada da igreja

Imponente torre sineira, separada da igreja

Degraus frente à igreja

Degraus frente à igreja

A igreja é bilingue, e propõe numerosas missas nas duas línguas. Podemos ver os horários na foto.

Horários da igreja portuguesa de Paris
Horários da igreja portuguesa de Paris

Para acabar este artigo, duas pequenas fotos engraçadas, que mostram bem que os portugueses parisienses estão talvez longe de Portugal, mas que o país está sempre bem presente. Repare um pouco o que está no espelho dos carros estacionados em frente ao santuário, ou repare na almofada às cores do Benfica na ultima fotografia… 😀

Carros de portugueses
Carros de portugueses
Almofada de benfiquista
Almofada de benfiquista

Conversa

Ler também