Campo do Rou
Campo do Rou

Campo do Rou : uma aldeia no meio da cidade do Porto

Por

O Porto, uma das mais antigas cidades da Europa, habitada à milhares de anos, respira o urbanismo antigo, com as suas ruelas, as suas largas avenidas, ou a sua densa circulação automóvel. Mas apesar disso, no meio da cidade, a dois passos dos jardins do Palácio de Cristal, podemos encontrar um cantinho de aldeia.

A vista é deslumbrante
A vista é deslumbrante

Uma povoação fora do tempo, um pouco isolada, conservou sempre as suas características rurais, como antigamente, mesmo em pleno século XXI. Foi a surpreendente descoberta que fizemos, durante um passeio “à sorte” pelas ruas do Porto.

Ruela antiga
Ruela antiga

A cidade do Porto foi construída nas margens do Douro, com colinas bastante acentuadas. Numa cidade assim, com muitas colinas, não é muito fácil circular, mas lá de cima, a vista é sempre bonita, que seja sobre Gaia, sobre o rio e o mar, ou até mesmo a cidade do Porto.

Passeando um pouco por esses caminhos em altura, acaba-se por chegar a esta autentica aldeia, um pouco isolada pela sua situação, na encosta da colina. Acho incrível que num lugar tão central da cidade, com uma vista tão bonita sobre a ponte e o mar,  se possa encontrar casinhas de aldeia, no meio de campos cultivados. Couves, árvores com frutas, feijões, roupa estendida ao ar livre… tenho a sensação de olhar para a antiga casa dos meus avós!

Campo em plena cidade
Campo em plena cidade
Feijões e couves!
Feijões e couves!

O passado… bem presente!

Campo do Rou era mesmo uma aldeia no século XIX, e continuou a ser, apesar do grande desenvolvimento comercial e industrial do Porto por essa altura. Integrada na freguesia de Massarelos, do concelho do Porto, Campo do Rou é um daqueles bairros cheios de beleza de uma das mais belas cidades de Portugal.

A aldeia fica numa encosta
A aldeia fica numa encosta

Para quem não sabe, parece que “rou”, lá no norte, quer dizer “xiu”, ou seja, para se pedir silencio. O Campo do Rou seria assim o “Campo do Silencio”… imagino que não se fazia por lá muito barulho. A travessa do Rou, principal via da “aldeia” está integrada no “passeio romântico” da cidade do Porto, com sinalética, indicando-nos um pouco da história do lugar…

Ao fundo, o rio Douro
Ao fundo, o rio Douro
Os moradores não devem ser dos mais ricos da cidade...
Os moradores não devem ser dos mais ricos da cidade…
Fantástico jardim
Fantástico jardim

Conversa

Ler também